Ação do MPF contra Samarco é suspensa pela justiça

0
3564

Outras tratativas envolvendo União, governos estaduais de Minas Gerais e Espírito Santo devem seguir em negociação.

A ação movida pelo Ministério Público Federal (MPF) contra a Samarco, que previa o pagamento de R$ 155 bilhões, em decorrência dos danos causados pelo rompimento da Barragem de Fundão da Samarco, foi suspensa por tempo indeterminado.

A decisão foi tomada pela 12ª Vara Federal Cível/Agrária de MG, também responsável pela decisão de 30 de junho, que prorrogou para 30 de outubro o prazo para que as partes envolvidas nas ações cheguem a um acordo. Dessa forma, devem seguir as ações movidas pela União, pelos governos estaduais de Minas Gerais e Espírito Santo e outras autoridades governamentais, sendo, contudo, o valor de R$ 20 bilhões inferior ao valor solicitado na ação do MPF.

Em comunicado a Vale informou que “a decisão anterior com relação à negociação de acordo final continua em vigor e as tratativas em relação a acordo final continuam em andamento”.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui